Hospital de campanha em Niterói faz mais de 100 atendimentos

Começou nesta quinta-feira (03) o atendimento no Hospital de Campanha montado no estacionamento do Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, no bairro Fonseca, em Niterói. Até 16h, foram atendidas 110 crianças, sendo que cinco precisaram ficar em observação nos leitos de enfermaria. A unidade será responsável por realizar o atendimento de urgência e emergência infantil na região até a reabertura do Getulinho.

A mobilização comandada pela Força Estadual de Saúde tem o intuito de ajudar no restabelecimento do atendimento público de saúde pediátrico no município de Niterói, depois que a Prefeitura decretou estado de emergência na saúde. A unidade municipal interrompeu o atendimento no ano passado após recomendação da Vigilância Sanitária. 

O secretário de Estado de Saúde, Sérgio Côrtes, e o prefeito recém-empossado, Rodrigo Neves, assinaram na quarta-feira (02) Termo de Compromisso para a parceria. O documento prevê que durante o período de funcionamento do Hospital de Campanha a prefeitura de Niterói providencie as obras estruturais e reformas que o Getulinho necessita para voltar a operar.

"O Hospital de Campanha tem capacidade para atender cerca de 300 pacientes por dia de baixa e média complexidade. Esse era o mesmo número de crianças assistidas diariamente pela emergência do Getulinho há dois anos. O esperado para a primeira semana é atingir metade disso. Mas acreditamos que a demanda vai aumentar gradativamente", disse Manuel Moreira, coordenador Geral da Força Estadual de Saúde e diretor do Hospital de Campanha.