Mais de 100 atendimentos médicos já foram realizados em Copacabana

Os seis postos médicos montados pela Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC) na orla de Copacabana registraram 102 atendimentos até as 21 horas. O local que mais recebeu pacientes foi o posto próximo à Rua Paula Freitas, com 33 registros. Duas pessoas foram transferidas para hospitais municipais, com desidratação e devido a uma queda.

As unidades abriram às 17 horas e contam com 173 profissionais de saúde, sendo 65 médicos. No total, os postos possuem 67 leitos (com 12 de suporte avançado).

Para os casos mais graves, que necessitarem de remoção, 50 ambulâncias estão de prontidão. As unidades ficam em frente às ruas Princesa Isabel, Praça do Lido, Paula Freitas, Santa Clara, Bolívar e Souza Lima.

Todos os postos contam com equipamentos de suporte à vida e estão preparados para monitoração e estabilização de pacientes graves. Os hospitais e UPAs municipais estão com suas equipes prontas para dar apoio aos atendimentos mais graves e receber as transferências, que serão realizadas pela Central de Regulação.

A Defesa Civil conta com 15 técnicos na coordenação das ações de monitoramento e de contingência entre os órgãos envolvidos, caso haja qualquer eventualidade na orla. Foi montado um sistema de comunicação integrado entre todos os órgãos e a Defesa Civil, via canais exclusivos de rádio, para facilitar o intercâmbio entre os envolvidos no evento. Os profissionais estão baseados em um Centro Móvel de Operações, montado no bairro.