Diogo Nogueira contagia o público no palco principal de Copacabana

O show de Diogo Nogueira começou como estava previsto às 20h30, empolgando o grande público nas areias da praia de Copacabana. A festa de Réveillon começou às 19h ao som dos Djs Mam e Marcelinho da Lua. De terno rosa e com muito suingue no pé Diogo contagiou a todos com um repertório eclético, de Gonzaguinha a Chico Buarque de Holanda.

Com uma programação ininterrupta, os próximos a entrar no palco são Sorriso Maroto, Claudia Leite, Ellen Oléria (campeã do The Voice Brasil) e GRES Unidos da Tijuca. No momento do espetáculo pirotécnico, uma trilha sonora especial, que misturará MPB com música orquestrada, fará a vez junto aos fogos de artifício e o inédito show de luzes.

A festa em Copacabana está espalhada em quatro pontos da praia. Ainda há comemoração em mais nove locais da cidade: Parque de Madureira, pela primeira vez;  Praia do Flamengo; Praia da Bica, na Ilha do Governador;  Piscinão de Ramos; praia da Moreninha, na Ilha de Paquetá; Sepetiba, Pedra de Guaratiba; e São Conrado/Rocinha, neste último sem show.

Esquema operacional de trânsito em Copacabana:

Para minimizar os transtornos causados nos últimos anos pela saída do público e garantir mais segurança àqueles que festejaram a virada do ano na orla, Copacabana está fechada por completo desde 22h do dia 31 às 4h do dia primeiro. Além disso, foi implantada uma via exclusiva para a locomoção do público, por onde veículos não podem trafegar.

Com o objetivo de facilitar a vida do carioca, o bairro de Copacabana ficou livre para os pedestres. Os veículos foram encaminhados a quatro pontos estratégicos durante esse horário, em áreas adequadas para o embarque das pessoas após a festa.

A partir das 22h, quando o bairro de Copacabana foi fechado, os ônibus retornaram do ponto mais próximo à entrada do bairro. A partir da meia-noite, as linhas de ônibus funcionam com embarques em quatro locais: 

Grande Tijuca, Centro e Zona Norte - Enseada de Botafogo; 

São Cristóvão ou para a Praça da Bandeira t - Lagoa Rodrigo de Freitas (Corte do Cantagalo); 

Barra da Tijuca, Jacarepaguá e os demais bairros da Zona Oeste - Rua Prudente de Morais (altura da Rua Farme de Amoedo); 

e Centro, Rodoviária Novo Rio e Grajaú - Rua Real Grandeza, próximo ao cemitério São João Baptista.

A CET-Rio disponibilizou 28 reboques para desobstrução das vias em caso de enguiço de algum veículo.

 

Ordem Urbana:

A Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop), com o apoio da Guarda Municipal, montou um esquema especial de fiscalização para o Réveillon 2013, em Copacabana. São 1.688 agentes (1.400 guardas municipais de controle urbano, 190 de trânsito e 98 agentes da Seop) desde às 17h do dia 30 de dezembro até o término do Réveillon. A novidade deste ano são as mais de 17 barreiras operacionais que estão montadas nos terminais rodoviários localizados na General Polidoro, Epitácio Pessoa, Prudente de Moraes e na saída do Túnel Novo até a Enseada de Botafogo. Comércio ambulante irregular, estacionamento em local proibido, acampamentos em área pública, entre outras desordens, estão sendo coibidos pela fiscalização.A Seop ainda veio atuando com reboques baseados em pontos estratégicos e circulando na área de abrangência do evento com a finalidade de reprimir o estacionamento irregular e garantir a fluidez do tráfego. Os veículos estacionados irregularmente estão sendo removidos para os depósitos públicos municipais.

 

Esquema especial de atendimento médico:

Desde as 17h, seis postos médicos estão à disposição da população, com 173 profissionais de saúde trabalhando durante todo o evento, sendo 65 médicos. As unidades contam, no total, com 67 leitos (12 de suporte avançado). Para os casos mais graves, que necessitarem de remoção, 50 ambulâncias estão de prontidão. Os postos ficam na altura da Rua Princesa Isabel, da Praça do Lido, da Rua Paula Freitas, da Rua Santa Clara, da Rua Bolivar e da Rua Souza Lima.Para garantir o atendimento de emergência aos cariocas, 37 unidades da SMSDC estão à disposição da população na cidade:- Hospital Municipal Souza Aguiar – Centro

- Hospital Municipal Miguel Couto – Gávea

- Hospital Municipal Salgado Filho – Méier

- Hospital Municipal Lourenço Jorge – Barra da Tijuca

- Hospital Municipal Pedro II – Santa Cruz

- Hospital Municipal Rocha Maia - Botafogo

- Hospital Municipal Paulino Werneck – Ilha do Governador

- Hospital Municipal Francisco da Silva Telles – Irajá

- Hospital Municipal Jurandir Manfredini - Jacarepaguá- Hospital Maternidade Fernando Magalhães – São Cristóvão

- Hospital Maternidade Oswaldo Nazareth – Praça XV

- Hospital Maternidade Carmela Dutra – Lins de Vasconcelos- Hospital Maternidade Herculano Pinheiro – Madureira

- Hospital Maternidade Alexander Fleming – Marechal Hermes

- Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque – Centro- Hospital da Mulher Mariska Ribeiro - Bangu

- Serviço de emergência da Policlínica Rodolpho Rocco – Del Castilho

- Serviço de emergência da Policlínica César Pernetta – Méier- Instituto Municipal Philippe Pinel – Botafogo

- UIS Arthur Villaboim – Paquetá

- UPA de Vila Kennedy

- UPA da Rocinha

- UPA do Complexo do Alemão

- UPA de Manguinhos

- UPA da Cidade de Deus

- UPA de Santa Cruz / João XXIII

- UPA do Engenho de Dentro

- UPA de Madureira

- UPA de Costa Barros

- UPA de Senador Camará

- UPA Sepetiba

- UPA Paciência

- UPA Magalhães Bastos

- UPA Rocha Miranda

- Coordenação de Emergência Regional: Centro

- Coordenação de Emergência Regional: Leblon

- Coordenação de Emergência Regional: Barra

 

 

Limpeza urbana:

Considerada a maior e mais ágil programação de limpeza de litoral, a Operação Réveillon tem início às 6h do dia 01/01/2013 e mobiliza 3.800 trabalhadores, 300 viaturas e 85 equipamentos. Toda a orla carioca, inclusive as praias da Ilha do Governador, Sepetiba, Guaratiba e o Piscinão de Ramos, recebem atenção especial no período de festas.Na Praia de Copacabana, a limpeza fica a cargo de 1.300 trabalhadores, 100 viaturas e 23 equipamentos, entre eles, varredeiras, caminhões compactadores, caminhões basculantes, caminhões de carro pipa, tratores e minitratores. Toda a orla, do Posto Seis ao Leme, recebeu ainda 1.000 contêineres plásticos de 240 litros. As pistas de rolamento e calçadas serão lavadas e desodorizadas após os festejos. A proposta da Companhia é restabelecer o padrão de limpeza das praias e vias de acesso até às 10h.