Rio: passageiros abandonam carros do metrô após cheiro de fumaça

Passageiros de dois carros da linha 1 do metrô do Rio de Janeiro que faziam a viagem entre as estações Cardeal Arcoverde, em Copacabana, e General Osório, em Ipanema, deixaram as composições após sentirem um forte cheiro de fumaça. Era por volta das 15h15 da tarde deste domingo quando o problema foi detectado. De acordo com a assessoria do Metrô Rio, a fumaça pode ter sido provocada por atrito com os trilhos, no entanto, as causas do problema ainda serão investigadas pelo centro de manutenção da empresa.

Ainda segundo a assessoria do metrô, não houve interdição da estação Cardeal Arcoverde em função do incidente e só foram retidas as duas composições em questão para avaliação do problema. Os passageiros seguiram viagem normalmente em outros carros, numa operação que teria durado 5 minutos. Não houve feridos.

O metrô é um dos meios de transportes mais procurados por turistas que estão na cidade para a festa de Réveillon. O meio de transporte público será, inclusive, um dos mais utilizados a partir das 19h desta segunda-feira para transportar os turistas e moradores que forem acompanhar a queima de fogos em Copacabana, onde são esperadas 2 milhões de pessoas.