Mais de 10 mil imóveis serão legalizados na capital até o fim do ano

Com a entrega de 1.400 títulos de posse e moradia a famílias dos morros do Adeus e da Baiana, no Complexo do Alemão, o Governo do Estado do Rio de Janeiro alcançou a marca de 6.032 imóveis regularizados em áreas de interesse social no estado somente em 2012. Até o fim do ano, 10.240 contarão com os documentos, concedidos pela Secretaria de Estado de Habitação - que coordena o trabalho de regularização fundiária.

O secretário de Habitação, Rafael Picciani, ressalta que a ação é fundamental para garantir direitos e dignidade às famílias que dedicaram as vidas em busca de um lar. "São pessoas que estão há 30, 40 anos lutando na construção dos seus imóveis e agora têm a certeza de que eles permanecerão em suas casas", afirma.

De acordo com Rafael, a formalização permite aos moradores reivindicar melhores serviços públicos e a tomada de crédito para reforma de seus imóveis.

Ao todo, 18 mil moradias instaladas no Complexo do Alemão serão legalizadas pelo Instituto de Terras e Cartografia do Estado (Iterj), órgão vinculado à Secretaria de Habitação e responsável pelo trabalho de regularização fundiária. É a maior área em fase de legalização das moradias na capital. A meta é entregar 38 mil títulos em todo estado até 2014.