Thor Batista vai a audiência de processo por morte de ciclista 

Filho de Eike teria atropelado Wanderson Pereira dos Santos

Thor Batista, 20 anos, filho do empresário Eike Batista, esteve presente na tarde desta quarta-feira, em Duque de Caxias (RJ), na primeira audiência do processo em que é acusado de homicídio culposo - quando não há intenção de matar - por atropelar e matar o ciclista Wanderson Pereira dos Santos, 30 anos, em março deste ano, na mesma cidade. Thor deve depor apenas em dezembro.

A audiência começou por volta das 13h20 e terminou por volta das 16h na 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias. Na oportunidade, oito testemunhas de acusação poderiam ser ouvidas pela juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza. Destas, sete prestaram depoimento, e uma não foi localizada. Na tarde desta quarta-feira também foram ouvidas duas testemunhas de defesa.

Nos próximos atos do processo estão programados depoimentos de duas testemunhas de defesa em São Paulo, em data ainda não marcada, e outra audiência no dia 13 de dezembro, quando Thor Batista deverá depor, além de uma testemunha do juízo e mais uma de defesa.

Thor atropelou Wanderson Pereira dos Santos no dia 17 de março, quando dirigia uma Mercedes-Benz SLR McLaren na BR-040, em Duque de Caxias. A vítima morreu depois de ser arremessada, pelo impacto do carro, a uma distância aproximada de 65 m. Thor estava habilitado para dirigir desde dezembro de 2009.