Produtora acusada de racismo em 2008 foi inocentada pela Justiça

A produtora Anna Christina Azevedo Paiva, acusada, em 2008, de racismo contra uma funcionária de um cinema do Shopping Downtown, foi inocentada na Justiça em outubro do ano passado. Segundo a decisão do juiz da Segunda Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis, Ricardo Alberto Pereira, não houve provas das alegações da funcionária do cinema.

No processo contra Anna Christina, a autora requeria indenização de 40 salários mínimos pelas supostas ofensas.  Na época, a confusão se deu após um desentendimento entre Anna Christina e a atendente. Inicialmente, a funcionária a ofendeu. Para resolver a situação, a produtora fez reclamação contra a ofensora ao gerente do cinema, mas se referiu à atendente como “neguinha”, ao descrevê-la. A funcionária, sentindo-se ofendida, chamou a polícia, que encaminhou Anna Christina à 16ª Delegacia de Polícia.