Bandido invade posto médico e sequestra ônibus cheio de estudantes no Rio

Dois criminosos em fuga invadiram o Posto de Assistência Médica (PAM) de Coelho Neto, na zona norte do Rio de Janeiro (RJ), na tarde desta terça-feira (4), e fizeram uma mulher refém. Houve troca de tiros com a polícia e um dos bandidos morreu. Na fuga, o outro suspeito sequestrou um ônibus que levava estudantes em excursão.

De acordo com a Polícia Militar, a dupla havia roubado um carro e trafegava com o veículo pela avenida Automóvel Clube, quando foi surpreendida por uma viatura. Eles fugiram em direção ao Irajá e, então, entraram no PAM de Coelho Neto. Houve cerco policial ao local.

Lá, os bandidos fizeram uma senhora refém. Durante a troca de tiros entre os criminosos e os policiais, ela foi atingida no abdome. A mulher foi socorrida pelos médicos do PAM e, em seguida, levada para o hospital Carlos Chagas, onde foi operada. Um dos bandidos também foi baleado, mas não resistiu aos ferimentos.

O outro suspeito conseguiu fugir e abordou um ônibus com estudantes, obrigando o motorista a conduzir o veículo até o morro da Pedreira, em Costa Barros. O criminoso foi preso no local. Segundo o motorista do ônibus, os professores conseguiram despistar as crianças, que não perceberam a ação.