Dado Dolabella nega ter agredido o filho de dois anos 

No Twitter, Dado Dolabella negou que tenha agredido seu filho Eduardo Neves. "Muito triste com essa mentira inescrupulosa. Ela não sabe que está acusando um pai que só tem amor", escreveu o ator. Segundo a coluna de Leo Dias, do jornal O Dia, ele foi acusado por Fabiana Vasconcellos por agredir o menino de dois anos, filho dela com o ator.

Não importa nada o que ela diga, mas sim todo o sentimento que existe entre pai e filho. Inteiro, verdadeiro, transcendental! E ele sente isso por mim. O resto nao importa!" completou. A queixa foi registrada no dia 30 de junho, na 16ª Delegacia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. No boletim de ocorrência, estaria escrito que o fato aconteceu no dia 1º de abril. Ele teria dado um tapa na cabeça do menino e o chamado de "débil mental", após Eduardo ter mordido o braço do irmão, João Valentim, filho do ator com Vivianne Sarahyba. Duas babás testemunharam a agressão.

Em conversa com a coluna de Leo Dias, o ator disse que "não fez nada de diferente do que seu pai fez com ele" e que "estava apenas reprimindo uma atitude violenta" entre os irmãos. Dado Dolabella confirmou que usou a palavra débil mental, mas na mesma conotação de que poderia dizer "você tá maluco?". Ele também afirmou que não deu um tapa na criança, apenas um chacoalão. Afirmou ainda que Fabiana Vasconcellos "quer tirar dinheiro" dele, "se aproveitar de um problema na Justiça que eu tive no passado e usar uma atitute normal de um pai como violência".