Casa da Sebastiana vai abrigar memória do carnaval na Lapa

A Prefeitura do Rio cedeu um casarão na Lapa para a criação da Casa da Sebastiana, que funcionará como centro de referência e memória dos blocos do carnaval de rua. O acervo mostrará como a folia evoluiu ao longo do tempo na cidade e chega a arrastar hoje mais de cinco milhões de pessoas nos dias de Momo. 

O espaço vai reunir documentos, letras de sambas, desenhos, filmes e fotos digitalizadas. Com inauguração prevista para dezembro de 2013, a unidade será construída em um antigo sobrado do fim do século XIX e início do século XX, na Rua do Riachuelo, próximo aos Arcos da Lapa. 

O projeto tem parceria com a Sebastiana (Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro) e prevê também instalação de núcleo para capacitação de mão-de-obra e centro cultural.