PM morto no Rio na frente da mulher e filha foi atingido por dez tiros

O sargento da Polícia Militar Cláudio Gomes Pereira, de 41 anos, morto na noite de domingo na frente da mulher e da filha de 10 anos, foi atingido por dez tiros, segundo a polícia.

O crime ocorreu na Rua Pedras Altas, próximo ao NorteShopping, na Zona Norte do Rio. Cláudio foi vítima de criminosos que faziam um arrastão na Rua Degás, nos fundos do shopping.

Ao perceber que seria assaltado pelos cinco criminosos, o policial tentou esconder a arma embaixo do banco do carro, mas um dos assaltantes percebeu que ele tinha um coldre preso na cintura e atirou.

O sargento foi levado para o Hospital Salgado Filho, no Méier, mas morreu ao dar entrada na unidade. A mulher e a filha também foram levadas para o hospital em estado de choque.