Bicampeã olímpica do basquete diz que é viciada em passar roupas

Diana Taurasi é uma das mulheres tidas como exemplo no mundo esportivo americano: eleita pelo público entre as 15 maiores jogadoras da história da WNBA, ela é tem dois títulos da liga no currículo, além de um mundial e duas medalhas de ouro olímpicas, em Atenas 2004 e Pequim 2008. Fora das quadras, nutre uma paixão incomum e muito ligada a atividades domésticas: gosta de passar roupas.

Em entrevista ao jornal USA Today, Taurasi afirmou que "há algo em passar roupas que realmente gosta" e relembrou que, durante os anos de universitária, costumava passar as camisas de todos os amigos antes de irem a festas ou eventos. A atleta acrescentou que "gosta de ver a superfície lisa enquanto passa alguma roupa¿. Sua prioridade, em momentos como esses, é tirar os vincos das peças.

Um dos aspectos preferidos de Diana Taurasi quando vai passar roupa é manter a simplicidade: por isso usa um ferro de apenas US$ 30, sem nenhuma especificidade especial. À publicação, ela ainda deu dicas para passar bem uma peça de vestimenta: sempre contar com o vapor do ferro. Para isso, é preciso colocar água no compartimento e esperar ficar quente o suficiente. Segundo ela, se você se apressar, vai molhar a roupa toda, o que é extremamente irritante.

Aos 29 anos, Diana Taurasi se prepara para sua terceira experiência olímpica, novamente carregando favoritismo. A atleta conquistou sua primeira medalha em 2004, ano em que se formou e foi draftada pelo Phoenix Mercury. Em 2008, repetiu o feito, o que a credencia para candidata a destaque dos Jogos Olímpicos de Londres, em agosto.