Seis pessoas são presas comercializando mídias piratas

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial prenderam, nesta quarta-feira (11), seis pessoas que comercializavam mídias piratas de filmes, shows e jogos para Playstation 2 e X-Box 360, no Mercado Popular da Uruguaiana. As prisões aconteceram durante operação para reprimir o comércio de produtos contrafeitos.

Segundo o delegado titular da especializada, Alessandro Thiers, com os presos os agentes apreenderam milhares de mídias piratas, além de cinco gravadores de DVDs, encartes e capas de filmes e shows. Leonardo Liberato Leiroz, o “Léo”, 21 anos, e Bruno Muniz da Silva, 29 anos, foram capturados em dois boxes da quadra B, que foram alugados para a fabricação e distribuição de mídias piratas para revendedores da localidade.

Ainda de acordo com o delegado, os dois são considerados uns dos maiores distribuidores de mídias piratas do local. O titular ressaltou que as ações no Mercado Popular e em outros locais onde houver comercialização de produtos piratas serão diárias e disponibilizou o email [email protected] para denúncias.