PF deflagra Operação Garota de Ipanema

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira a Operação Garota de Ipanema para cumprir vários mandados de prisão de envolvidos com o traficante conhecido como Dinho Porquinho, que já cumpre pena no presídio de Itamaracá, na Bahia.

A mulher dele e outras duas pessoas que atuavam como laranja do traficante são procurados pelos policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF. A Operação Garota de Ipanema já evitou que dois imóveis situados no bairro de Ipanema, na  Zona Sul do Rio, avaliados em R$ 2 milhões, fossem vendidos.

Durante as investigações, a Polícia Federal identificou os reais proprietários dos bens, o traficante Dinho Porquinho e sua mulher. Os imóveis estavam em nome de outras duas pessoas que atuavam como laranjas no esquema.

Os imóveis estão sequestrados por ordem do juiz da 42ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.