Rodoviários de cinco municípios do RJ permanecem em greve

Rodoviários de cinco municípios do Rio de Janeiro permanecem em greve nesta segunda-feira: Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá. Por causa da paralisação, os motoristas tiraram os carros das garagens, provocando grandes congestionamentos nas vias de acesso ao Rio. A Rodovia Niterói-Manilha chegou a registrar 10 quilômetros de engarrafamento. Também há lentidão na Alameda São Boaventura. As filas na estação das barcas em Niterói são gigantescas.

Nesta tarde, está prevista uma nova assembleia no Tribunal Regional do Trabalho entre os rodoviários, representantes das empresas de ônibus e sindicalistas para tentar chegar a um acordo.

Os rodoviários reivindicam um aumento de 16% sobre o salário e 40% sobre a cesta básica. Além de motoristas e cobradores, a paralisação também inclui funcionários da administração e da manutenção.

Já na Baixada Fluminense, a paralisação foi suspensa na sexta-feira (30) até a tarde desta segunda, quando haverá uma audiência de conciliação no Tribunal regional do Trabalho. A medida vale para os municípios de São João de Meriti, Nilópolis, Belford Roxo, Mesquita e Nova Iguaçu.