Vigilância multa 15 estabelecimentos em shopping da Zona Norte

Lanchonetes foram autuadas e dois salões de beleza e uma farmácia foram interditados 

A vigilância sanitária municipal realizou nesta quarta-feira (14), no Via Brasil Shopping, em Irajá, mais uma ação da “Operação Shopping Saudável”. Durante a ação, dos 47 estabelecimentos das áreas de alimentos e saúde inspecionados, 23 foram intimados a fazer adequações estruturais e 15 multados devido a irregularidades, incluindo o próprio shopping. Três estabelecimentos de serviços de saúde foram interditados, total ou parcialmente. Ao todo, 36,5 kg de alimentos e suplementos alimentares foram inutilizados. 

Os restaurantes Vivenda do Camarão e Império do Sol foram multados por falta de equipamento térmico. A Lojas Americanas recebeu multa por falta de asseio na manipulação de alimentos e por fazer a triagem dos ovos de Páscoa no chão. A Patroni Pizza Lanchonete também foi infracionada, por falta de asseio e por manter alimentos no chão. 

Foram inutilizados 7 kg de gelo em dois estabelecimentos, Vivenda do Camarão e Rei do Mate, além de 2,5 kg de linguiça com validade vencida, no restaurante Kome Kieto. 

A loja Omnia Vita Rede de Suplementos Alimentares recebeu dois autos de infração: por comercialização de produtos com rotulagem inadequada e validade vencida e também por vender medicamentos sem autorização. Os fiscais inutilizaram 26,2 kg de suplementos alimentares. 

Entre os estabelecimentos de saúde inspecionados, o Vares Haute Coiffeur foi interditado por falta de documentação adequada e reaproveitamento de cera. O Spa do Pé também foi totalmente fechado, por falta de responsável técnico e licença médica. A Perfil Carioca foi parcialmente interditada e a Ponto Saúde Drogaria recebeu dois autos de infração, por falta de equipamento para controlar a temperatura do salão e geladeira, e falta de responsável técnico na parte da tarde. 

A administração do Via Brasil Shopping também recebeu um auto de infração, pela presença de fumantes nas áreas comuns do shopping e ausência de programação visual para coibir o fumo na praça de alimentação do estabelecimento. 

Desde setembro de 2010, a “Operação Shopping Saudável” já passou por 25 shoppings da cidade (incluindo a operação de hoje) e inutilizou cerca 1.6 tonelada de alimentos. A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil recomenda que o consumidor fique atento a irregularidades encontradas e denuncie ao setor de reclamação da Vigilância Sanitária, pelo telefone 1746.

A Patroni Pizza divulgou nota sobre o caso. Veja a nota:

Com relação a matéria “Vigilância multa 15 estabelecimentos em shopping na Zona Norte” publicada em 14 de março, gostaríamos de esclarecer que a informação de que a Patroni Pizza foi multada por trabalhar com alimentos no chão não procede.

A empresa recebeu sim uma notificação de multa do órgão, porém documento oficial diz que a empresa foi multada por operar com a masseira de pizza próxima aos briquetes (material substituto da lenha 100% reciclado, natural e ecológico) e por estar com resquícios de massa.

A fiscalização chegou pela manhã, horário em que o pizzaiolo bate a massa de pizza, e havia acabado de retirar o produto de dentro do equipamento que é higienizado após o porcionamento e finalização da massa de pizza no balcão. Por isso, a Patroni Pizza, que prima pela qualidade de seu produto e pelo atendimento ágil e personalizado em toda a sua rede de lojas (própria e franqueadas), irá disponibilizar dois colaboradores para a produção da massa. Enquanto um funcionário tira o produto e dá sequência aos procedimentos de preparo, o outro imediatamente dará início a limpeza do equipamento.

E com relação ao local de armazenamento dos briquetes, informamos que a empresa já tomou as devidas providências de reorganizar o material em novo espaço dentro da loja.