Polícia Federal prende suspeitos de envolvimento com jogo do bicho, no Rio

Rio de Janeiro - A Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro realiza hoje (13) uma operação para cumprir dez mandados de prisão, contra a chamada cúpula do jogo do bicho no Rio de Janeiro. As prisões são resultado de investigações da Operação Hurricane, desencadeada em 2007 e que resultou na prisão de três desembargadores, um ministro do Superior Tribunal de Justiça e um procurador regional da República, além de empresários de casas de bingo, policiais e advogados.

De acordo com a Polícia Federal, até o momento oito pessoas já foram detidas pelos agentes. As prisões foram feitas nas cidades do Rio de Janeiro e Niterói, com mandados expedidos pela 6a Vara Federal Criminal do Rio.

Entre os presos estão pessoas suspeitas de envolvimento com a exploração de jogos ilegais e de máquinas caça-níqueis.