Praias da Ilha do Governador e da Zona Sul têm programa de despoluição

Programa Sena Limpa, da Secretaria do Ambiente, contará com investimentos de R$ 150 milhões 

A Secretaria do Ambiente lançou quinta-feira o programa Sena Limpa, que vai despoluir, até 2014, seis praias da cidade: Bica, na Ilha do Governador, Ipanema, Leblon, São Conrado, Leme e Urca, na Zona Sul.

O trabalho, feito em conjunto por órgãos do governo estadual e da prefeitura, inclui obras de saneamento, coleta de lixo superficial, limpeza de galerias e monitoramento e fiscalização do despejo de esgoto. O investimento do Sena Limpa (o nome do programa refere-se ao número de praias que serão despoluídas) é de cerca de R$ 150 milhões. Segundo o secretário do Ambiente, Carlos Minc, a primeira praia a ficar livre da poluição será a de Ipanema.  Estão previstas seis intervenções de esgotamento sanitário, executadas pela Cedae.

"Até o fim do ano, vamos tirar mais de 90% da poluição que chega ao Jardim de Alah pela Cruzada São Sebastião (no Leblon) e por um coletor de águas contaminadas que vêm do Cantagalo e do Pavão-Pavãozinho, transportando esses efluentes até o emissário de Ipanema a 3.800 metros dali", disse Minc.

O cronograma prevê para 2013 a despoluição da praia do Leme até junho, da Urca até outubro, da Bica, até novembro, ede São Conrado até dezembro. A última a ficar livre dos coliformes fecais será a praia do Leblon, que recebe parte do esgoto das comunidades da Rocinha e Parque da Cidade.

Inea vai monitorar balneabilidade das águas

O estudo do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) apontou ainda que as praias da Urca e da Bica não apresentaram condições próprias para banho durante 95% de 2011. Isso porque os níveis de coliformes fecais superavam a norma estabelecida pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente, de mil coliformes por decilitro.

O projeto inclui também a construção de troncos coletores para transportar o esgoto até os emissários ou estações elevatórias. O Inea será o responsável pelo monitoramento da balneabilidade das águas.

Urca terá rede coletora para evitar poluição

A Urca receberá a requalificação da Estação Elevatória de Esgoto (EEE), com a reformulação do tronco e de redes coletoras, evitando que a poluição chegue à praia. Após a jusante da EEE, a linha de recalque funcionará como um tronco coletor de esgoto.