Policial que fazia segurança do vice-presidente do TCM é morto 

Um policial militar morreu e outro ficou ferido após serem baleados em frente a residência do vice-presidente do Tribunal de Conta do Município(TCM), José Moraes, na Ilha do Governador.

O sargento Antônio Carlos Batista Martins chegou a ser socorrido e levado para o Hospital da Base Aérea do Galeão, mas não resistiu.  O cabo Eric Pereira também foi atingido, sem gravidade.

Os policiais faziam a segurança da família do conselheiro do TCM depois do recente episódio, em dezembro passado, quando o filho de José Moraes foi agredido na porta de uma boate por um policial militar e um taxista.

Segundo a Polícia Militar bandidos em um carro seguiam  o sargento Antonio Carlos com objetivo de roubar sua moto. O sargento seguia para o prédio de José Moraes. Ao parar ele foi abordado e tentou reagir, sendo atingido pelos disparos. Ao ouvir os tiros, o cabo Pereira, que estava dentro do prédio, saiu em direção ao sargento e acabou sendo atingido de raspão.

 Ainda de acordo com a polícia, em nenhum momento a residência, veículo ou família de José Moraes foi alvo dos bandidos. Policiais fazem buscas aos criminosos na região.