Missa no Corcovado celebra os 447 anos do Rio 

RIO - O cardeal Stanislaw Rylko, representante do Vaticano que está em visita ao Rio, celebrou uma missa nesta quinta-feira em comemoração aos 447 anos do Rio no Santuário Arquidiocesano do Cristo Redentor. A missa foi concelebrada pelo arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta.

A comitiva do Vaticano chegou à cidade na última segunda-feira para acompanhar o andamento da organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que será sediada no Rio em julho de 2013. 

O cardeal, que é italiano e aprendeu algumas palavras de português para celebrar a missa,  mandou um recado aos jovens brasileiros.

"A alegria de vocês ao receber a notícia de que a cidade do Rio receberia a JMJ foi muito bonita. Nunca se esqueçam de que vocês ocupam um lugar privilegiado no coração de Cristo e da Igreja. Tenho certeza do êxito do JMJ em 2013. A colaboração entre o comitê, a conferência episcopal e autoridades civis é enorme", disse.

O secretário de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Alberto Osorio, representou o prefeito Eduardo Paes, e destacou que era uma honra para a cidade receber uma missa celebrada pelo cardeal. 

Ele recordou que por ocasião das JMJs a Igreja revela ao mundo o seu rosto jovem e cheio de alegria e impulso missionário, ressaltando que, para o Papa Bento XVI, elas são uma cascata de luz e de esperança.

"Hoje é um dia muito especial para o Rio de Janeiro e para os cariocas. Celebramos os 447 anos da cidade em um dia lindo, cheio de sol, como o carioca gosta. A cidade vive um momento especial de esperança, renovação e crescimento. Sobre a organização do JMJ, tenho certeza que o comitê está impressionado com a organização do evento. O comitê acredita que o Rio será o local que vai receber o maior número de público."

Durante o encontro, as comissões apresentaram um balanço dos trabalhos que estão sendo realizados nas mais diversas áreas (logística, transporte, segurança) para garantir que a JMJ Rio2013 seja a maior de todos os tempos.  O Cardeal afirmou que cada jovem que vier ao Rio deve retornar à sua casa com a alegria de uma vida renovada pela experiência com o amor de Cristo.