Traficante Fabiano Atanázio é transferido para o RN. Veja foto

Com a escolta de seis viaturas e 25 agentes, os traficantes de drogas Fabiano Atanázio (FB) e Claudinho Serrat (Claudinho CL) foram transferidos no início da tarde desta quarta-feira (1º) para o presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Os traficantes embarcaram em um avião da Polícia Federal, no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, na Ilha do Governador. As informações foram divulgadas pela Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap). A transferência teria sido autorizada na segunda-feira (30).

A documentação que permitiria a transferência dos presos estava sendo agurdada pela Secretaria de Administração Penitenciária desde terça-feira (31). A autorização atendeu a uma solicitação da Secretaria de Segurança Pública do Rio. Fabiano Atanázio e Claudinho CL foram presos no dia 27, em Campos do Jordão, São Paulo.

Após prisão, FB diz que curtia férias em São Paulo

Durante entrevista coletiva para apresentação do traficante de drogas Fabiano Atanázio, popularmente conhecido como FB, o criminoso negou ter comandado o grupo que atirou contra um helicóptero da Polícia Militar no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, em 2009, culminando na morte de policiais militares e bandidos.

Ele admitiu, no entanto, que comandou o grupo de criminosos que fugia da Vila Cruzeiro para o Complexo do Alemão, no dia 28 de novembro de 2010, por uma mata fechada. As imagens ganharam notoriedade internacional, após terem sido transmitidas ao vivo. 

FB era apontado pela polícia do Rio como um dos traficantes mais procurados. Ele foi capturado por agentes da 25ª DP (Engenho Novo) em Campos do Jordão, em São Paulo. O bandido admitiu que aproveitava um período de férias com sua família. 

A queda do helicóptero da PM aconteceu quando agentes chegaram para intervir numa guerra entre traficantes de facções rivais. O bando comandado por FB tentava dominar o território da facção terceiro Comando Puro, que comandava o Morro dos Macacos, em Vila Isabel (Zona Norte do Rio).

O traficante chegou ao Rio de Janeiro por volta das 11h30 da manhã deste sábado (28). Ele vivia numa luxuosa casa em campos do Jordão, em São Paulo. O Disque-denúncia oferecia uma recompensa de R$ 10 mil por informações que levassem ao traficante. 

Em 2002, FB chegou a ser preso, mas três meses depois fugiu da Casa de Custódia Jorge Santana, em Bangu, através de um túnel supostamente construído pelos detentos.