Jovem de 22 anos é morto a facadas na favela da Rocinha, recém pacificada

Ocupada por homens do Batalhão de Operações Especiais desde novembro, a favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, foi o lugar de mais uma morte a facadas em menos de uma semana. Na madrugada deste sábado, o jovem Janderson de Jesus Miranda, de 22 anos, foi encontrado na Rua do Valão. Ele teria se desentendido com um parceiros de jogo em um bar da comunidade. 

A família da vítima foi chamada por vizinhos por volta das 6h e o crime teria ocorrido por volta das 5h30, na Travessa Mesopotamia. A localidade possui muitos comércios e também é muito conhecida como Rua dos Paraíbas e Travessa da Telerj.

A proprietária do bar onde ocorreu o crime contou que dois homens teriam desferidos as facadas contra o jovem. Depois, ela contou que dez homens cercaram Janderson e apenas um o matou com golpes de faca. Agentes da 15ª DP (Gávea) investigam a morte. 

Segunda morte em dois dias

No fim da madrugada da última quinta-feira, o estudante Fábio Minelesque da Silva, de 21 anos, também foi morto a facadas na porta de um bar na Rocinha. A Divisão de Homicídios (DH) vai investigar o caso. Fábio era estudante do 4º ano do Ensino Fundamental e participava do projeto social, educativo e cultural Pensando Junto, criado pelo cantor e compositor Gabriel, O Pensador.