Réveillon de Copacabana terá 200 profissionais de saúde de plantão

As milhares de pessoas que vão passar a virada do ano na Praia de Copacabana terão à disposição sete postos médicos distribuídos pelo bairro. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil, aproximadamente 200 profissionais de saúde trabalharão durante o evento, sendo 72 médicos, além de 70 ambulâncias para transferir as vítimas mais graves para os hospitais da rede pública de saúde.

Os hospitais e as unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município estarão com equipes médicas de plantão para dar apoio aos atendimentos de urgência e receber transferências, que serão feitas pela Central de Regulação instalada especificamente para a festa da virada de ano.

A Defesa Civil manterá 15 técnicos trabalhando na coordenação das ações de monitoramento e de contingência entre os órgãos envolvidos, na orla da Praia de Copacabana.

Segundo a prefeitura, no réveillon do ano passado, 861 pessoas receberam atendimento nos seis postos instalados em Copacabana e 19 remoções foram feitas. Entre as principais causas de atendimento estão o alcoolismo, pequenos cortes, dores de cabeça e entorses.