Hemorio promove campanha solidária para doação de sangue em Copacabana

Quem passou pela orla de Copacabana, zona sul do Rio, na manhã deste domingo (18) recebeu um pedido inusitado de um Papai Noel vestido a caráter: doar sangue. Com duas tendas montadas no calçadão, o Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (Hemorio) promoveu, durante todo o dia, a ação "Solidariedade É Prática! Doe Vida, Doe Sangue!".

Segundo a diretora da Fundação Pró-Hemorrio, de apoio à instituição, Simone Silveira, o objetivo é aumentar os estoques de sangue para atender à demanda do período dos feriados prolongados, como o réveillon, quando o número de doadores diminui cerca de 50% e o número de acidentes com vítimas graves nas estradas aumenta.

“A proposta é falar com a população sobre a importância da regularidade das doações. Também mostrar que o Hemorio não é apenas um serviço de coleta de sangue. O hemocentro é referência no diagnóstico e tratamento de doenças hematológicas, como anemia falciforme, leucemia, hemofilia, linfoma, entre outras. Queremos firmar uma parceria de longo prazo com os cariocas e amigos do Rio pela vida".

O hemorio abastece com sangue e derivados cerca de 200 unidades de saúde, entre elas as grandes emergências, maternidades e unidades de tratamento intensivo.

Para doar sangue, o voluntário precisa estar bem de saúde, apresentar um documento oficial de identidade com foto, ter entre 18 e 65 anos e pesar mais de 50 quilos. É necessário evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes.