Polícia desarticula quadrilha de traficantes que agia na Lapa

Seis pessoas foram presas e três menores apreendidos durante a “Operação 5ª na Lapa” desencadeada na noite desta quinta-feira (01/12) pela Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT) contra uma quadrilha de traficantes que agia na Lapa, Centro do Rio. Cerca de 70 agentes visavam cumprir seis mandados de prisão e quatro de busca e apreensão contra menores infratores, além de nove mandados de busca e apreensão familiar.

As investigações sobre a atuação da quadrilha tiveram início logo após o carnaval desse ano. De acordo com a delegada Renata Teixeira, titular da DEAT, o bando formado por jovens era comandado por Pablo Carlos Rebello, 18 anos, filho do traficante Wilton Quintanilha, o “Abelha”, ex-chefe do tráfico no Morro Santo Amaro, no Catete, Zona Sul do Rio.

Ainda segundo a delegada os adolescentes adquiriam a droga no morro Santo Amaro e vendiam principalmente nas escadarias da Lapa, famoso ponto turístico daquele bairro. “Osjovens, alguns deles menores, moram nas imediações da Lapa. Eles se abasteciam no Morro Santo Amaro e quem fazia essa intermediação era o Pablo. Eles vendem maconha, crack e cocaína principalmente nas escadarias da Lapa para turistas que frequentam o local”, explico a titular.

Pablo foi capturado na manhã desta sexta-feira na casa da mãe dele em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Com os jovens, os policiais apreenderam 30 trouxinhas de maconha, material para endolação, um frasco com produto químico para cheirinho da loló, além de dez frascos com a droga já pronta e R$ 2 mil em dinheiro. Eles vão responder por associação para o tráfico de drogas. Todos os presos possuem passagem pela polícia.