Operação desarticula quadrilha que aterrorizava comunidade em Angra

Com base em investigações, policiais da 166ª DP (Angra dos Reis), com apoio de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), desencadearam, na manhã desta sexta-feira, operação na localidade de Caputera, naquele município, para desarticular uma quadrilha de criminosos que praticava tráfico de drogas, roubo e aterrorizava os moradores daquela comunidade.

A ação teve início nesta madrugada e resultou na prisão de 14 integrantes do bando. Um dos criminosos, conhecido como Xeréu, foi baleado e morreu após confronto com os agentes.

De acordo com o titular da delegacia de Angra dos Reis, delegado Francisco Benitez, a ação foi desencadeada a partir de registros feitos por moradores daquela comunidade contra integrantes do bando.

O delegado revelou que as investigações continuam para prender os chefes da quadrilha, os irmãos Adalberto Lima, Artur Lima e Renan Lima, que estão foragidos.

Em uma ação anterior, os agentes da 166ª DP conseguiram prender um dos líderes do bando, conhecido como Andinho, primo dos irmãos Lima.

“Temos vários registros na delegacia de moradores daquela comunidade vítimas dessa quadrilha. Os bandidos costumavam expulsar as pessoas de suas casas”, comentou o delegado, que agora investiga a ligação do traficante Leandro de Brito, preso recentemente no Complexo do Alemão, com integrantes dessa quadrilha.

Uma das últimas ações do bando foi há cerca de 10 dias, quando roubaram pertences de funcionários e hóspedes da Pousada Água Encantada, na comunidade Caputera 2.