Leitores do 'JB' ganham ingressos de cinema e prêmios na Feira da Providência

Evento deve bater recorde de visitantes em sua 51ª edição

A 51ª edição da Feira da Providência mal começou, mas já é grande o número de pessoas que acompanham os mais de 300 estandes dispostos nos pavilhões 2 e 3 do Riocentro, na Zona Oeste do Rio. No espaço do Jornal do Brasil, montado no pavilhão 2, o cenário não é diferente. É grande o número de visitantes, que têm a oportunidade de  assinar o JB. As assinaturas podem ser feitas mensal, semestral ou anualmente. A mensalidade custa apenas R$ 9,90. 

Os visitantes da Feira da Providência que se tornarem novos assinantes do JB recebem, de presente, ingressos de cinema, além de DVDs e uma mochila exclusiva, de acordo com a modalidade da assinatura escolhida. 

Gerente de relacionamento com o assinante, Ednaldo Moreira comemora o sucesso do estande do JB numa das maiores feiras do país.

"Os leitores são atraídos pela oportunidade de se tornarem assinantes do Jornal do Brasil, e terem acesso ao noticiário diário e de boa qualidade, uma das exclusividades do JB".

Feira deve bater recorde de visitantes

O recorde da Feira da Providência, antes de 350 mil visitantes, deve ser ultrapassado na sua 51ª edição. De acordo com a organização do evento, a estimativa de público para este ano é de 400 mil pessoas.

As apostas da Feira da Providência para alcançar um novo recorde de público são o espaço Fashion Carioca, onde serão realizados desfiles de 40 grifes brasileiras, e um supermercado de produtos internacionais. No estabelecimento, é possível encontrar 52 marcas de cervejas diferentes, por exemplo. 

As novidades servirão para recuperar o público, já que o evento perdeu 50 mil visitantes no ano passado, quando a feira coincidiu com a ocupação do Complexo do Alemão e com atentados que assolavam o Rio de Janeiro. 

Na ocasião, 300 mil pessoas compareceram ao Riocentro. Em 2009, a Feira da Providência bateu recorde de público, com 350 mil visitantes. Neste ano, a intenção é alcançar a marca dos 400 mil e arrecadar R$ 1,6 milhão. 

"O Banco da Providência atende, pelo menos, 10 mil pessoas em projetos sociais todos os anos. Isso só é possível graças à Feira da Providência, responsável por 70% da nossa arrecadação. Acredito que, para a gente ser feliz, é necessário ser solidário. Além de contribuir com causas sociais, quem vier também terá a oportunidade de dar a volta ao mundo 5 dias", disse a superintendente do Banco da Providência, Clarissa Linhares. 

A Feira da Providência vai desta quarta-feira (30/11) até domingo (04/12) e funciona das 12h às 23h. O preço da entrada é de R$ 14.