Nem ligou para a mãe após prisão, diz delegado da PF

Em entrevista ao Bom Dia Rio, na manhã desta quinta-feira, o delegado da Polícia Federal Victor Poubel explicou detalhes da prisão do traficante Nem da Rocinha. Segundo ele, ao chegar à sede da PF, na Zona Portuária do Rio, Nem ligou para a mãe e avisou que tinha sido preso.

O traficante também mandou um recado para os filhos, pedindo para eles não faltarem às aulas.

O delegado ressaltou ainda que Nem não reagiu à prisão. "Ele não esboçou nenhuma reação. Chegou à sede da Polícia Federal aparentemente tranquilo e consciente da prisão dele".

Poubel disse também que policiais federais trabalharam infiltrados na Rocinha para ajudar na captura de Nem. "Foram dez dias de trabalho, 24 horas por dia, monitorando a comunidade. A ação policial contou ainda com a ajuda de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça. Mas o trabalho da Polícia Federal não se restringe só a isso".

O traficante deve ser transferido ainda nesta quinta para o presídio de Bangu, na Zona Oeste. Segundo o delegado, 15 suspeitos foram presos, entre eles três advogados que estavam com Nem.

O traficante foi preso por volta de meia-noite, na Lagoa, quando tentava fugir escondido no porta-malas de um carro preto.