Feira de automóveis e prédio residencial são autuadas por 'gatos' de água

Policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e técnicos da Assessoria de Segurança Empresarial da Nova Cedae encontraram ligações clandestinas em uma revenda de automóveis em Parada de Lucas, Zona Norte do Rio, e em um prédio residencial em São Gonçalo.

Na Feira-livre do Automóvel, na Avenida Brasil, nº 14.000, Parada de Lucas, foi encontrada ligação clandestina de duas polegadas que abastecia quatro caixas d’água de mil litros e uma cisterna de 20 mil litros. O local, um pátio onde funcionava uma feira de automóveis semi-novos, abrigava oito lanchonetes em quiosques com banheiros e um alojamento para funcionários, todos abastecidos irregularmente. A feira não tinha matrícula na Cedae. Policiais da DDSD deixaram intimação para que o proprietário compareça à delegacia para prestar esclarecimentos.

Em São Gonçalo, foi encontrada ligação clandestina de ¾ de polegada em prédio residencial na Avenida Antenor Martins, nº 201, no bairro Porto da Madama. O imóvel de três andares, com seis apartamentos, abastecia através do “gato” duas caixas d’água de mil litros e uma cisterna de 40 mil litros. Foi deixada intimação para que o síndico preste esclarecimentos à polícia.

Denúncias de ligações clandestinas de água podem ser feitas pelo site www.cedae.com.br ou pelo telefone 0800-282-1195.