Biblioteca Nacional comemora 200 anos com ciclo de palestras

A Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro comemorou seu aniversário de 200 anos focada no futuro. Para marcar a data, o seminário internacional Biblioteca + 200 anos reuniu profissionais para discutir o papel das bibliotecas no futuro. 

Os novos modelos, os desafios da preservação dos acervois e as tendências das bibliotecas são alguns dos temas tratados. Entre eles, os e-books também se fizeram presentes. Roberto Aguirre Bello, chefe de coleções digitais da Biblioteca Nacional do Chilem, e o curador brasileiro da coleção digital da British Library. Aquiles Brayer, falaram sobre os cenários e tend~encias das bibliotecas digitais.

O seminário Biblioteca + 200 anos encerra o ciclo de debates que se iniciou em setembro na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, com o colóquio internacional sobre a democratização de acesso aos e-books. A programação do ciclo contou ainda com seminários em Recife e São Paulo, antes de chegar ao Rio. Mostrando que estápor dentro da tecnologia, o evento será transmitido online pelo Instituto Embratel, pelo Facebook e pelo Twitter. As palestrar serão reunidas em uma publicação.

Patrimônio histórico

A Fundação Biblioteca Nacional possui uma das mais raras e ricas coleções em suporte papel do mundo, de acordo com a UNESCO. Mas não foi sempre assim. Durante seus 300 anos iniciais de história atlântica, Portugal proibiu, cerceou e controlou a entrada de livros em sua colônia americana.