Indicadores de segurança do Rio tem queda no primeiro semestre de 2011

Roubo de veículo teve menos 2 mil casos este ano, em comparação com o ano passado

Os dados de janeiro a julho de 2011 do Instituto de Segurança Pública (ISP) revelam uma queda em três indicadores considerados estratégicos pela Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro. Os números acumulados dos primeiros sete meses de 2011, comparados com o mesmo período do ano passado, mostram que o índice de Letalidade Violenta caiu 13,2%, o de Roubo de Veículo diminuiu  15,3% e o de Roubo de Rua teve redução de 14,3%.

Todos os três indicadores estratégicos apresentam tendência contínua de queda desde 2009 e quase todos os demais indicadores melhoraram seu desempenho em 2011, em relação aos sete primeiros meses de 2010.

O total de incidências de Letalidade Violenta nos sete primeiros meses de 2011 caiu de 3.559, em 2010, para 3.088. Esse foi o melhor resultado no período de janeiro a julho desde 2000.

Já o número de Roubo de Veículo no Estado teve redução de 12.522 (2010) para 10.605 este ano, sendo também o melhor resultado desde 2000.

O indicador de Roubo de Rua diminuiu de 47.337 (2010) para 40.556 no mesmo período. É o segundo ano consecutivo de queda do indicador – em 2009, o total havia sido de 55.149.

Prêmio para policiais

Esses três índices estratégicos são usados na nova definição do Sistema de Metas Integradas da Secretaria de Segurança, que premia as unidades policiais que apresentarem melhor desempenho na redução da criminalidade.

O índice Letalidade Violenta é composto por cinco outro indicadores somados: Homicídio Doloso, Lesão Corporal Seguida de Morte, Latrocínio e Auto de Resistência. Já o índice Roubo de Rua congrega os indicadores de Roubo a Transeunte, Roubo a Coletivo e Roubo de Aparelho Celular. Juntamente com Roubo de Veículo, esses indicadores ampliaram os títulos monitorados anteriormente, além de atribuírem metas de redução para Latrocínio e Auto de Resistência, que agora integram o indicador Letalidade Violenta.