Idoso morto ao entrar por engano em favela será enterrado nesta segunda

O corpo do idoso Valdemiro Lázaro dos Santos, de 74 anos, baleado ao entrar por engano no Morro do Chapadão, na Pavuna (Zona Norte do Rio) será sepultado nesta segunda-feira, às 14h, no Cemitério de Irajá.

Ao ser baleada, a vítima foi socorrida no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes. No entanto, Valdemiro precisou ser transferido, pois não havia leito na unidade. Ele teve que ser levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, que fica a 52 km de distância.

Entenda o caso

Segundo a polícia, Valdomiro trafegava pela Via Light em direção à Pavuna, onde morava, quando acabou errando o caminho e entrando em um dos acessos à comunidade Morro do Chapadão. Cercado por diversos traficantes armados, o homem ainda tentou acelerar o carro, mas foi atingido por um disparo na região das costas. Outras duas pessoas que estavam no veículo, Paulo Roberto Azevedo, de 53 anos, e Ivan Paulo dos Santos, de 65 anos, sofreram ferimentos leves. 

A familia da vítima culpa a transferência pela piora significativa em seu quadro de saúde.