Motoristas de vans fazem carreata no Centro contra licitações da Prefeitura

Na tentativa de pressionar os vereadores do Rio de Janeiro, um grupo com cerca de 100 motoristas de vans legalizadas organizaram uma passeata pelas ruas do Centro do Rio. A intenção é facilitar a aprovação de um projeto de lei que visa frear os decretos e avisos da prefeitura em relação às licitações já realizadas. De acordo com as novas normas da Prefeitura, as vans só poderão transportar passageiros entre bairros próximos e as licitações de empresas que ficarão responsáveis pelas linhas vêm sendo feitas desde o ano passado.

Indignados com o fato da concessão do transportes alternativo não ser mais feita à pessoas físicas, mas apenas às jurídicas, os motoristas se reuniram pela manhã nas proximidades da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova. 

No início da tarde o grupo seguiu pela Avenida Rio Branco, no Centro, até o Largo da Carioca com destino à Câmara dos Vereadores. A carreata foi acompanhada pela Polícia Militar, Guarda Municipal, Secretaria Especial da Ordem Pública e CET-Rio e não provocou graves congestionamentos ao trânsito.

Mais cedo, o presidente do SindvansRio, Adílson Honório, disse que cerca de 1.500 vans são esperadas para pressionar os vereadores na porta da Câmara Municipal.