Restaurante Cidadão de Niterói passa por reformas

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, esteve neste quinta-feira em Niterói para entregar as obras de reforma do Restaurante Cidadão Jorge Amado. Esta foi a primeira vez que o espaço, que funciona há nove anos, passou por melhorias. O custo total da obra foi de R$ 200 mil. 

A reforma incluiu banheiros, iluminação, rebaixamento do teto, fachada e construção de um novo reservatório de água. Durante as intervenções, que começaram em agosto, o atendimento à população foi mantido, já que a obra foi realizada durante a madrugada e nos fins de semana e feriados.

"Em fevereiro deste ano, recebi um relatório informando que a comida servida aqui no restaurante estava muito ruim. Nós demos um prazo, em torno de um mês, para que a antiga empresa melhorasse os serviços. Eles estavam tratando de maneira vergonhosa a população de Niterói. Depois do tempo estipulado e sem as melhorias que foram estabelecidas, tivemos que contratar outra firma e percebemos que a comida ganhou em qualidade. Depois de resolvido este problema, recebi inúmeros pedidos para que o espaço fosse reformado. O ambiente era escuro, sem ventilação e os banheiros estavam mal cuidados", lembrou o secretário Rodrigo Neves.

 Em fevereiro, o Restaurante Cidadão de Niterói recebia mil usuários por dia. Hoje, esse número é de três mil pessoas no almoço e mil no café da manhã. Durante o evento, o secretário Rodrigo Neves adiantou que ainda este ano começam as obras do Restaurante Cidadão de São Gonçalo.