Prefeitura inicia novo modelo operacional de limpeza no Complexo do Borel

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, em conjunto com a Comlurb, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e UPP Social, começa a operar hoje a nova logística de limpeza e coleta de lixo no Complexo do Borel, na Tijuca. 

Além do novo modelo operacional, ações educativas vão reforçar junto à comunidade a importância de fazer o descarte correto do lixo, como a formação das Comissões de Multiplicadores do Cuidado com Ambiente e a instalação de placas com mensagens nos contêineres e locais de maior visibilidade.

Além dos 21 pontos de coleta, mapeados junto com a comunidade, a nova operação de limpeza no Borel contará com 83 contêineres, 60 papeleiras, um microtrator compactador. A retirada de lixo será realizada duas vezes ao dia. 

O novo modelo já foi adotado no Complexo do Alemão e comunidades da Penha, no Batam (Realengo) e no Complexo do Andaraí.