Menor de 17 anos baleado em Botafogo segue em estado grave

Rio  - O menor de 17 anos, baleado em uma festa julina em Botafogo, na Zona Sul, segue internado em estado grave. As informações são de um boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na manhã desta segunda-feira (4). O adolescente passou por uma cirurgia para retirar uma bala do abdomen e segue internado no hospital Miguel Couto, na Gávea. O rapaz estava numa festa na Rua Lauro Muller, em Botafogo, na noite deste domingo(3). 

O atirador identificado como Rodrigo Paiva Freire, de 20 anos, foi preso logo depois do crime. Segundo informações, Rodrigo teria pego um táxi rumo à sua casa, na Avenida Prado Júnior, em Copacabana, onde acabou capturado. 

Em depoimento prestado à 13ª DP (Copacabana), o atirador confessou o crime e disse que comprou a arma, pois queria se vingar do menor e seus amigos, já que levou uma surra deles recentemente. A arma ainda não foi encontrada pela polícia.

A festa era organizada pela Associação de Moradores da Rua Lauro Müller, e aconteceu no Parque General Leandro.