Bombeiros fazem ato de agradecimento no Rio após conseguir anistia

Bombeiros anistiados penal e administrativamente, após manifestações que culminaram na invasão do quartel-central da corporação no mês passado, fazem um ato na orla de Copacabana em agradecimento à população, que, em sua maioria, demonstrou apoio ao movimento.

A ação, em parceria com a ONG Rio de Paz, inclui ainda um ato de protesto pelo desaparecimento do menino Juan, de 11 anos, após um tiroteio entre bandidos e policiais em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Os bombeiros montaram um varal nas areias da praia com 439 camisas vermelhas, representando cada um dos bombeiros presos após o incidente no quartel. Uma faixa enumera todas as ações do grupo de militares desde abril, quando começaram os protestos por melhores salários e condições de trabalho.

Os militares prometem marchar por Copacabana e Ipanema, e devem ir ao Corcovado e Botafogo.