Restaurante do Rio terá que indenizar cliente que achou barata em pastel

O restaurante carioca Gulositá terá que indenizar em R$ 5 mil uma cliente que encontrou uma barata dentro de um pastel de forno em novembro do ano passado. A decisão, divulgada pelo Poder Judiciário do Rio de Janeiro nesta quarta-feira, foi tomada pelo 27º Juizado Especial Cível da Capital. 

 "Inegável a sensação de nojo e repugnância a que foi exposta a autora, que já havia iniciado o consumo do alimento quando se deparou com o inseto nele incrustado, expondo sua saúde a perigo, o que é passível de gerar abalo psíquico e consternações que ultrapassam o mero aborrecimento", disse a juíza Márcia de Andrade Pumar. 

 Sumika Rodrigues de Jesus Rendano afirmou que mostrou o inseto dentro do pastel para o proprietário do restaurante Gulositá, localizado no Fórum Central do Rio, mas nada foi feito. Os peritos do Instituto Carlos Éboli analisaram o alimento, depois de abertura de Boletim de Ocorrência. 

 Responsáveis pelo restaurante Gulositá não foram encontrados para comentar o ocorrido.