Crise? Oficinas de carros caros estão sempre cheias

Mecânicos do subúrbio do Rio mantêm tradição dos clássicos

 

Localizadas em áreas de baixo poder aquisitivo, e que já foram  dominadas pelo tráfico de drogas, as oficinas mecânicas especializadas em carros de luxo são o porto seguro de motoristas que, apesar da manutenção cara, têm prazer de possuir automóveis que marcaram época, como Mercedez Benz e Alfa Romeo.

Depois de 18 anos como mecânico da Ago, autorizada da Mercedez Benz, em Botafogo, onde aprendeu a mecânica, Carlos Alberto Lopes Vieira abriu sua própria oficina, na Rua Barão de Petrópolis, no Rio Comprido.

Apesar de estar entre os morros do Fogueteiro e do Escondidinho, que eram dominados por traficantes e só foram ocupados pela polícia há dois meses, ele arrastou a clientela desde que abriu o negócio, há quase vinte anos.

>> Leia a reportagem completa no JB Premium