Estado inaugura Ponte do Tibau e anuncia mais R$ 40 milhões para Niterói

 

Os moradores de Niterói tiveram outra antiga reivindicação atendida pelo Governo do Estado nesta terça-feira (10/5), durante a inauguração da ponte do Tibau, no bairro Jardim Imbui, em Piratininga, na Região Oceânica. Representando o governador Sérgio Cabral, o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, e a presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, anunciaram mais R$ 40 milhões em investimentos na despoluição da Lagoa de Piratininga.

Deste total, R$ 5 milhões em recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam) já estão disponíveis e serão investidos imediatamente em obras emergenciais de desassoreamento que objetivam, sobretudo, restabelecer as condições de pesca na lagoa, atividade que garante subsistência a dezenas de famílias na região.

- Queremos agora uma lagoa viva, limpa e com peixes. Que garanta condições de sobrevivência aos pescadores que dela tiram o sustento de suas famílias – ressaltou Minc.

A presidente do Inea estimou em um milhão de metros cúbicos, aproximadamente, a quantidade de sedimentos a ser retirada da lagoa. Segundo Marilene Ramos, esse procedimento deve melhorar significativamente o nível do espelho d’água e restabelecer as condições de piscicultura.

- A Lagoa de Piratininga hoje pede socorro. Isso é visível. Mas, com a dragagem haverá uma melhoria significativa da sua condição. A recuperação ambiental dessa região é estratégica para o estado, uma vez que envolve diversas atividades econômicas de extrema importância para o seu desenvolvimento, como o turismo e a própria pesca – citou Marilene Ramos.

O presidente da Associação de Moradores do bairro Jardim Imbui, Renan Lacerda, entregou ao secretário Carlos Minc uma placa em homenagem ao governador Sérgio Cabral, em reconhecimento às melhorias que o Governo do Estado vem promovendo na região.

- Este ato é a realização de um sonho. A população de Niterói há anos aguardava por esses investimentos – agradeceu Lacerda, representando os moradores.

Construção avaliada em R$ 1,5 milhão

A ponte do Tibau também está entre os investimentos do Estado visando a beneficiar não só o turismo, como liberar o acesso entre as margens do rio que dá nome à ponte, permitindo integrar as comunidades do entorno.

A construção, avaliada em R$ 1,5 milhão, foi iniciada há dois anos, mas foi paralisada no fim de 2009 em função de problemas técnicos que provocaram atrasos nas obras. Após nova licitação, o empreendimento prosseguiu, com alterações no projeto original.

A ponte conclui mais uma etapa do plano de revitalização da Lagoa de Piratininga, desenvolvido pelo Inea, com recursos do Fecam. A ponte anterior não permitia o tráfego de veículos. Em etapa anterior, foi inaugurado um túnel de 988 metros de comprimento, cinco metros de largura e 4,5m de altura, escavado no costão rochoso, com objetivo de renovar a água da lagoa ao melhorar a troca com o mar.

Estiveram presentes à inauguração o secretário municipal de Obras, Zeca Mocarzel, representando o prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira; os secretários de Estado Rodrigo Neves, de Assistência Social e Direitos Humanos; Felipe Peixoto, de Abastecimento Regional e Pesca; e Sérgio Zveiter, de Trabalho e Renda, além de vereadores da região.