Unidade de Ordem Pública da Tijuca multa 3.684 veículos e reboca 57

Em três semanas de operação da Unidade de Ordem Pública (UOP), implantada no dia 18 de abril na Tijuca, Zona Norte, a Secretaria Especial da Ordem Pública, através da Guarda Municipal, multou 3.684 veículos e rebocou 57 por estacionamento irregular na região.

Durante a fiscalização, 46 moradores de rua (4 menores) foram acolhidos. Guardas Municipais impediram 31 pessoas de panfletar nas ruas do bairro. Foram apreendidos, com ambulantes não autorizados, 195 pulseiras de relógio, 45 cofres de barro, 18 óculos, 9 guarda-chuvas, 4 leques, 3 bandeiras, 6 galhardetes de publicidades, 2 potes de pasta para limpeza, 2 cestas, 1 quadro, 1 cadeira de madeira, 168 pedaços de tecido, 1 porta-CD, 1 carrinho de ferro, 1 placa de estacionamento, 1 carroça de carga, 36 alças de silicone, 18 abacaxis, 12 dúzias de bananas, 28 tangerinas e 10 mamões. Agentes de Controle Urbano da Seop realizaram um trabalho de ordenamento do espaço público com relação ao comércio ambulante na região.

Guardas da Unidade de Ordem Pública da Tijuca (UOP) prenderam um homem na Rua Santo Afonso, que atuava como flanelinha na região e costumava extorquir motoristas da área. Com três passagens policiais, ele era procurado pela Polícia e foi encaminhado para a 19ª DP (Tijuca) onde o caso foi registrado como roubo. Um motorista de van também foi detido por desacato.

Quatro menores foram flagrados roubando uma loja de departamento na Rua Conde de Bonfim. Um deles foi encaminhado para a Delegacia de Proteção a Criança e Adolescentes (DPCA) e outros três para o Conselho Tutelar. Uma pessoa foi presa por ameaça e outra por desobediência e resistência.

- Partimos do princípio da UPP, onde a vigilância permanente é instalada em determinada região. A Tijuca foi o primeiro bairro escolhido porque tem graves problemas de ordenamento. Neste modelo de fiscalização, a Guarda Municipal estará sempre presente, garantindo a tranquilidade do cidadão nas ruas - disse Alex Costa, secretário de Ordem Pública.  

A partir da reformulação do treinamento da GM-Rio, os agentes que atuam na Tijuca estão capacitados para agir de forma mais territorializada, identificando os problemas específicos da região.

Uma equipe de 225 guardas municipais patrulha uma área que abrange a Praça Saens Peña, Praça Varnhagem, a Avenida Maracanã, as ruas Barão de Mesquita, Conde de Bonfim, Maxwell e vias próximas, transformando as ações pontuais de ordenamento em uma cultura de permanente manutenção da ordem. Eles trabalham em turnos, garantindo a segurança 24 horas por dia.