Rio: Câmara deve comprar carros de R$ 65 mil para vereadores

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro pretende adquirir uma frota própria de automóveis oficiais para os vereadores da Casa. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o modelo escolhido é a mais recente geração do Volkswagen Jetta, na versão mais simples - Confortline -, com preço de mercado a partir de R$ 65 mil. Entretanto, segundo o jornal, os 51 veículos - um para cada vereador - devem ser comprados à vista, com desconto. Cinco parlamentares já anunciaram que não vão utilizar o carro, mas precisam tornar essa decisão oficial, por escrito.

Segundo o jornal, a Mesa Diretora da Câmara pretendia comprar outro carro da Volkswagen, o Bora, já utilizado na Assembleia Legislativa do Estado. O modelo, entretanto, não é mais vendido no País. O vereador Paulo Pinheiro (PPS) é um dos que não querem usar os carros oficiais. "Isso já ocorreu dois ou três anos atrás. A pressão da opinião pública veio, e eles desistiram", disse. Os outros vereadores que disseram que não aceitarão o veículo oficial são Leonel Brizola Neto (PDT), Eliomar Coelho (PSOL), Andreia Gouvêa Vieira e Tereza Bergher (ambas do PSDB).