Primeira semana de maio tem nove ônibus “piratas” apreendidos

A Prefeitura consolidou o resultado das ações de fiscalização de ônibus realizadas nesta primeira semana de maio e mais nove (09) coletivos que circulavam pela cidade em condição “pirata” foram flagrados pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) operando em linhas licitadas. Sete (07) estavam sob a responsabilidade do consórcio Intersul, um (01) do Internorte e um (01) do Santa Cruz. 

Entre os dias 02 e 06 deste mês, fiscais percorreram diferentes pontos e terminais rodoviários em bairros da Zona Sul, no Centro e em Campo Grande. No total, a fiscalização reprovou 34 dos 122 ônibus avaliados e todos os veículos penalizados foram retirados das ruas. Em abril, 10 (dez) ônibus em condição “pirata” também foram pegos pela SMTR, sendo que nove (09) estavam sob a responsabilidade do consórcio Intersul e um (01) do Transcarioca. 

As operações ininterruptas da SMTR fazem parte de um planejamento estratégico da Prefeitura iniciado há 14 meses para combater as irregularidades nesta modalidade de transporte urbano e, somente neste período, 1.926 ônibus foram fiscalizados e 766 reprovados, por não estarem de acordo com as exigências municipais para a prestação adequada do serviço. Dentre os reprovados, 97 coletivos não possuíam cadastro na SMTR que autorizasse o transporte remunerado de passageiros, ou seja, circulavam em condição “pirata” e também foram retirados de circulação.

 

Denúncias:

O usuário pode registrar denúncia por meio da Central de Atendimento da Prefeitura, pelo telefone 1746, e é essencial fornecer o maior número de informações sobre a linha, incluindo o número de ordem e/ou placa do veículo, nome e número de registro do condutor, além de data, horário e local onde o fato ocorreu.