Crivella anuncia que a primeira favela do Brasil ganhará teleférico

O Morro da Providência, a primeira favela do Brasil, localizada na região central da cidade do Rio de Janeiro, vai ganhar um teleférico. A informação foi divulgada na tarde desta sexta-feira (6) pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) , durante o evento de entrega da quinta casa do projeto Cimento Social, assumido por ele desde 2008.



Ainda segundo Crivella, o teleférico faz parte das obras do Morar Carioca - plano municipal que prevê a urbanização de todas as favelas da cidade do Rio até o ano de 2020.


"O prefeito Eduardo Paes me liberou para dizer em primeira mão que a primeira favela do Brasil vai ganhar um teleférico", comemorou o senador, que também anunciou outra conquista para o Rio de Janeiro: a obtenção de uma emenda no valor R$ 10 milhóes, que serão destinados a projetos habitacionais da cidade.


"A prefeitura também vai inserir dinheiro nestes projetos habitacionais, que são o próximo passo após o Favela-Bairro, do ex-prefeito César Maia. Ele fez um grande projeto, só que o Favela-Bairro urbanizava a favela, mas parava na porta das casas dos moradores. Esse dinheiro será investido na construção e reforma de moradias dentro das favelas", explicou Crivella.


De acordo com o senador, o problema da construção de conjuntos habitacionais é que eles ignoram a história de vida dos moradores que pretende relocar.


"Não adianta pegar uma pessoa cuja família vive há gerações aqui, perto do Centro, e mandá-la para a Zona Oeste. Temos condições melhorar as moradias sem tirá-los daqui".

Criado em 2007, o Cimento Social beneficiou mais de 300 casas no Morro da Providência e construiu cinco residências na comunidades. As casas foram entregues para moradores mais carentes da região, descobertos pelo projeto através de entrevistas realizadas com os moradores.