Sobe para 13 o número de mortos por atirador em escola

Mais duas estudantes morreram vítimas de um homem que se matou após atirar em alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, subúrbio do Rio. Ao todo, são 13 vítimas - 12 meninas e um menino - que, eu sua maioria, foram atingidas na cabeça.

Em frente ao IML do Rio, famílias ainda procuram infornações ou aguardam pela liberação dos corpos. Os nomes de quatro das meninas mortas foram divulgados: Jéssica guedes Perreira, 15 anos; Mariana Rocha, 13; Milena Santos do Nascimento, 14, e Katine Chagas Oliveira, 15.

O tio de Jéssica, uma das vítimas, que preferiu não se identificar, reclamou da falta de segurança na escola. Segundo ele, há varios casos de brigas e incidentes na Tasso da Silveira, e os pais dos alunos pediram, por várias vezes, que a segurança da instituição seja feita por policiais militares ou guardas municipais.

!Na escola, só há um monitor, que não usa arma. Tenho certeza de que se houvesse policiamento na escola essa tragédia não teria acontecido", disse o tio da menina morta.