Preso um dos assassinos de policial militar

Policiais da 105ª DP (Petrópolis) cumpriram o mandado de prisão temporária, na tarde desta terça-feira (05/04), contra um dos assassinos do policial militar Sebastião da Silva Carvalho. Fernando Sigolo Sampaio estava no Hospital Santa Tereza, recebendo tratamento por ter sido baleado na ultima segunda-feira (04/04), mesmo dia do homicídio do PM, quando foi interrogado pelos agentes.  

Os policiais foram ao hospital, para obter informações de Fernando, que estava usando o nome de seu irmão Eduardo, que não tinha nenhuma anotação criminal. A investigação apontava o homicídio do policial como único crime ocorrido no dia. O delegado titular Marcello Braga Maia, achando a versão do suspeito fantasiosa, verificou com testemunhas que as características de um dos meliantes eram idênticas as de Fernando.

O homicídio do PM aconteceu quando ele estava de folga e foi morto após abordar dois suspeitos que estavam prontos para assaltar uma agência dos Correios, em Nova Iguaçu.

Segundo investigações, Fernando era integrante de uma das mais perigosas e cruéis quadrilhas de sequestradores, nos anos de 2003 e 2004, acusados do sequestro de Jackson Marcelo de Castromonteiro, filho de um empresário que atuava no ramo metalúrgico, e de outro que resultou na morte de Andre Franca Villa Luz, filho do empresário Sérgio Pacheco Luz.

Além do homicídio Fernando foi autuado por falsidade ideológica por ter usado os documentos do irmão.