Programa Limpa Rio chega à área atingida pela enchente em Friburgo

RIO - O Programa Limpa Rio, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), chega esta semana ao Córrego d´Antas, em Nova Friburgo. O córrego vai passar por obras de desassoreamento e limpeza para permitir a retomada da normalidade para os moradores da região, uma das mais atingidas pela enchente de janeiro deste ano. O trabalho será realizado por uma força-tarefa que envolve também a Empresa de Obras Públicas do Estado (Emop) e a Prefeitura de Nova Friburgo.

Além da atuação do Limpa Rio, o Inea está realizando estudos técnicos que vão embasar a futura implantação de um parque fluvial ao longo das margens do Córrego d´Antas. Segundo a presidente do Inea, Marilene Ramos, o córrego terá sua faixa marginal de proteção de até 30 metros redefinida, conforme as alterações feitas em seu curso por conta dos deslizamentos de terra ocorridos em janeiro. Os estudos estão previstos para terminar no início do segundo semestre.

- As obras de limpeza e desassoreamento são importantes para permitir a retomada da normalidade daquela região, que foi duramente atingida por deslizamentos em janeiro. A partir da conclusão dos estudos técnicos, que incluem a redefinição da calha do córrego, será possível reconstruir pontes e promover a reurbanização do local, através de um parque fluvial que terá áreas verdes protegidas e equipamentos de lazer – disse Marilene Ramos.

Além do Córrego d´Antas, os técnicos do Inea também estão percorrendo o vale do Rio Grande, na zona rural do município, onde também estão previstas obras de dragagem e demarcação da faixa marginal de proteção. No Rio Bengalas, que corta o centro da cidade e é todo canalizado, serão feitas obras localizadas de recuperação dos taludes das margens.

O Inea iniciou sua atuação nos vales de Nova Friburgo logo após as enchentes, com ações emergenciais de socorro às vítimas e desobstrução dos acessos. Os técnicos do instituto também deram apoio às ações de reconstrução de pontes e orientação na abertura da calha fluvial nos locais onde foram constatadas obstruções devido ao assoreamento.