Suspeito de atear fogo na ex é preso em lan house no Complexo do Alemão

Policiais da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam, na manhã desta quarta-feira, um homem suspeito de atear fogo na ex-companheira em 20 de março. Gilson Soares Farias, 35 anos, foi capturado em uma lan house, no interior da favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo a Deam, quando o crime aconteceu, Simone Cristina e Gilson não eram mais companheiros havia 5 meses e o suspeito já vivia com outra mulher.

A vítima relatou à polícia que, ao chegar em casa no dia 20, encontrou Gilson deitado em sua cama, dizendo que queria voltar a viver com ela. Diante da negativa de Simone, o suspeito teria começado a agredir.

Após a agressão, Gilson teria jogado álcool no rosto e no corpo de Simone e logo após, ateado fogo. A filha da vítima chegou a interferir na briga. Ambas conseguiram fugir quando o suspeito teria deixado a casa para comprar mais álcool.

Após Simone realizar queixa na Deam, a delegada Celia Silva Rosa pediu prisão preventiva do suspeito. O mandado foi expedido pelo 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar.

De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito possui diversas anotações criminais, inclusive por lesão corporal.