Cerco do Detran a inadimplentes do IPVA começa hoje

De hoje (2/3) até Quarta-Feira de Cinzas (9/3), o Detran realizará, com apoio da Polícia Militar, 36 operações de fiscalização contra a inadimplência do IPVA e motoristas que dirigem com a carteira de habilitação vencida, suspensa ou cassada. No período, o foco principal dos agentes será a Barra da Tijuca, onde eles agirão nos oito dias, mas haverá também ações em municípios da Região Metropolitana, como São Gonçalo, São João de Meriti, Caxias, Queimados e Seropédica, e em cidades turísticas, como Búzios, Angra dos Reis e Araruama.

Cidades populosas do interior, como Volta Redonda, Barra Mansa e Macaé, serão alvos dos agentes, que durante todo o período, trabalharão das 9h às 17h. A divulgação dos locais e horários das operações demonstra que o objetivo do Detran, segundo o presidente do departamento, Fernando Avelino, não é punir motoristas, mas evitar que eles circulem em carros em situação irregular pela falta do pagamento do IPVA e, em consequência, da vistoria anual obrigatória.

 

Liberação de veículos

Os motoristas que tiverem o carro rebocado na sexta-feira antes do carnaval (4/3) e efetuarem, ainda no mesmo dia, o pagamento, no Banco Itaú, do reboque, da diária, das multas e do IPVA, poderão retirar o carro do depósito a partir das 12h da Quarta-Feira de Cinzas (9/3), sem pagar mais nada por isso, ou seja, só lhe será cobrado uma diária de estadia.

Quanto aos motoristas que tiveram o veículo apreendido no dia 4 e não efetuaram o pagamento das pendências na própria sexta-feira, o processo de liberação só poderá ser iniciado a partir do meio-dia da Quarta-Feira de Cinzas (9/3). No caso, só lhe serão cobradas duas diárias, além do reboque e das multas que, por acaso, existam.

Já aos que tiveram o veículo apreendidos entre sábado de carnaval (5/3) e terça-feira (8/3), também serão cobradas duas diárias: uma da data da apreensão e outra da liberação, se esta for por eles providenciada na mesma quarta-feira (9/3).

Com relação aos motoristas que tiverem seus veículos apreendidos na sexta-feira e somente adotarem os procedimentos de liberação a partir de quinta-feira depois do carnaval (10/3), serão cobradas diárias por todos os dias, a contar de sexta-feira (4/3).

O valor cobrado pelo reboque de carro de passeio é de R$ 54,86 e o da diária, de R$ 29,07. Assim, quem tiver o carro rebocado na próxima sexta-feira (4/3) e só providenciar a liberação do veículo na quinta-feira depois do Carnaval, terá de pagar seis diárias, ou seja, R$ 174,42, além do reboque. Sua despesa será, portanto, de R$ 229,28, isto além das multas e do IPVA atrasado.

O motorista flagrado dirigindo veículo com o licenciamento anual vencido comete infração gravíssima. Além de ser multado em R$ 191, 54, recebe sete pontos na carteira e tem o veículo apreendido. O proprietário do carro tem até 90 dias para retirá-lo do depósito. Vencido este prazo, o veículo vai a leilão.