Martha Rocha reforça prioridades da sua gestão

A chefe de polícia, Martha Rocha, se reuniu, nesta segunda-feira, com os delegados departamentos gerais de polícia da Capital (DGPC), Especializada (DGPE), da Baixada (DGPB) e do Interior (DGPI), na Academia de Polícia Sylvio Terra (Acadepol). O encontro foi dividido em quatro, em que a delegada falou com cada um dos departamentos em separado.   

Na reunião, Martha Rocha reforçou o seu comprometimento com a Polícia Civil e traçou prioridades. Para ela, o segredo é trabalhar cada vez mais para que a Instituição esteja mais próxima da população.

Dentre os pontos abordados pela delegada, as viaturas das delegacias foram um dos mais importantes. Elas devem estar com o número ou o nome da unidade visível, podendo ser identificadas por qualquer cidadão.

A chefe de polícia ressaltou a participação do delegado titular no dia a dia da delegacia. “Os delegados têm que estar na unidade policial. Quando ele escolheu essa profissão estava consciente que trabalharia finais de semana e feriados. O delegado tem que estar atento ao seu cliente e o cliente é a população do Estado do Rio de Janeiro", afirmou.

Martha Rocha falou ainda da medida publicada no Boletim Interno na última quinta-feira (24/02), em que um delegado, ao trocar de unidade, só poderá levar 10% do efetivo de que dispunha. Com isso, as equipes serão dissolvidas e eles terão que agregar policiais diferentes aos seus quadros. Armamento e viaturas também pertencem às delegacias, portanto nenhum delegado ou policial poderá levá-los quando mudarem de unidade.